Índice da FIRJAN confirma eficiência dos Auditores de Curitiba mais uma vez.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

FirjanConheça o índice:

A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) desenvolveu um índice de Gestão Fiscal construído a partir dos resultados fiscais das próprias prefeituras – informações de declaração obrigatória e disponibilizadas anualmente pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

O índice é composto por cinco indicadores: Receita Própria, Gastos com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida.

Recentemente, com base em dados oficiais, foi divulgado o Índice FIRJAN de Gestão Fiscal 2016 – ano de referência 2015 – que avaliou a situação fiscal de 4.688 municípios, e, novamente, Curitiba ficou em 1º lugar no ranking nacional do indicador Receita Própria.

Segundo informações da Firjan, o indicador Receitas Próprias engloba a receita orçamentária do IPTU, ITBI e ISS (IRRF não compõe o indicador), o que reflete o resultado direto do trabalho dos Auditores dos fiscos municipais.

Curitiba em primeiro, com nota máxima:

Parabéns aos Auditores Fiscais de Tributos Municipais de Curitiba que, mesmo dispondo de um sistema informático precário, sem autonomia funcional e sem um núcleo de inteligência fiscal, vêm renovando seu comprometimento com a população e mantendo Curitiba, pelos anos de 2013, 2014 e 2015, no topo do ranking nacional de Receita Própria, disponibilizando mais recursos para os serviços públicos de saúde, educação e segurança!

Eficiência em números:

Graças ao nosso esforço, a arrecadação dos tributos próprios dos Auditores Fiscais (IPTU, ITBI, ISS) em Curitiba teve, nos anos 2013, 2014 e 2015, um resultado acumulado superior à inflação (IPCA), isto é, um ganho real de R$113.891.523,98, segundo pode se aferir dos dados disponibilizados no Portal da Transparência.

  Receitas1

A título de comparação, o valor de orçamento suplementar obtido pelos auditores nos últimos três anos equivale:

                          à construção de 81 unidades suplementares equivalentes à unidade
                          de Saúde Coqueiros (do bairro Sitio Cercado);

                       ou

                          à construção de 65 CMEIs suplementares equivalentes ao
                          CMEI Moradias Ilha do Mel (do bairro Cidade Industrial);

                       ou

                          à disponibilização de mais de 1200 viaturas suplementares
                          para a Guarda Municipal (quase uma por servidor da guarda).

                      …

Auditores comprometidos com a população curitibana:

Investir em uma Auditoria Fiscal autônoma e forte resulta oferecer à população de Curitiba mais recursos e melhores condições de atendimento e qualidade em serviço público.

Infelizmente, apesar dos esforços e comprometimento dos Auditores em posicionar Curitiba em primeiro do índice de Receitas Próprias e com nota máxima, sua remuneração inicial se mantém na última posição dentre as capitais.

Acesse o link e veja:

http://www.firjan.com.br/ifgf/consulta-ao-indice/ifgf-indice-firjan-de-gestao-fiscal-consulta.htm

Comentários

comentários

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
%d blogueiros gostam disto: